quarta-feira, 16 de março de 2011

Contato - Pão Diário

LEITURA BÍBLICA
Lucas 15.1-7

Invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei e tu me glorificarás (Sl 50.15 ARA).

Estava tentando lembrar-me de quando foi meu primeiro contato com o povo de Deus. Lembrei que, quando bem pequena, fui com meu pai a uma igreja húngara, sua língua natal. Língua difícil, mas lembro-me de uma casinha de boneca que era linda. Enorme, com muitos móveis e detalhes. Acho que era numa sala de escola dominical. Depois, adolescente, lembro-me de uma igreja menonita que ficava atrás de minha casa. O nome era estranho, mas eles realizavam uma espécie de escola no período de férias. Hoje sei que seria uma Escola Bíblica de Férias. Ali escutei pela primeira vez uma história que envolvia um barco. Não me lembro se era de Jesus na tempestade ou outra. Construímos um barquinho de isopor. Um dos professores era norte-americano e tinha um forte sotaque. Com muito amor nos ensinava a cantar “Faze como Daniel, serve o eterno Deus”. Nós adolescentes éramos terríveis e imitávamos seu sotaque. Só estávamos ali pela farra e pelo lanche que era bom e grátis. Todos os meus amigos e amigas passávamos a tarde ali, num misto de gozação e de alegria, mas com alguma coisa diferente que não sabíamos explicar. Foi ali que decorei o que sabia ser um pedaço da Bíblia e que é justamente o versículo de hoje. Não sabia onde ficava e nem muito bem o que queria dizer, mas lembro que num período de muito sofrimento com meu pai eram essas palavras que vinham à minha mente, porque o momento era de angústia. Eu ficava repetindo e repetindo.

Os caminhos de Deus para que nos apaixonemos por ele são muito interessantes. São especiais e únicos. Ele parece cuidar de nós e ir-nos cercando, cuidando de nós, sussurrando, até que um dia a paixão por Jesus surge e é irresistível.

Deus pode usar algumas tardes para salvar pessoas muito mais lá adiante. Foi isso mais ou menos o que aconteceu. Se existe alguém por quem você ora, tenha paciência. Deus o tocará cedo ou tarde. - AP

O contato com Jesus é irresistível.

0 comentários:

Postar um comentário

 
;